quinta-feira, 26 de março de 2009

ABC do Esporte

Uma distração de um poeminha com alguns esportes..

"A de Atletismo
B de Basquete
C de Canoagem
D de Desporto
E de Esqui
F de Futebol
G de Golfe
H de Hóquei
I de I-Chuan
J de Judô
K de Karatê
L de Lançamento de Disco
M de Motociclismo
N de Natação
O de Orientação
P de Pólo Aquático
Q de Queimada
R de Remo
S de Surfe
T de Tênis
U de Ultimate
V de Vela
W de Windsurfe
X de Xadrez
Y de Yachting (Iatismo)
Z de Zen"

"O esporte é o único tipo de entretenimento em que, não importa quantas vezes você o assista, continua sem saber o final. Ele não forma o caráter. Revela-o."

Visitem o Portal Nutrição em Foco.

segunda-feira, 23 de março de 2009

Motovelocidade..


Esse final de semana andei de moto e fui numa competição de motovelocidade.. Mais uma experiência esportiva na vida... bem diferente, mas legal. Esse esporte é um dos mais velozes e perigosos, exige muito das costas, trapézio, pescoço e pernas. Os pilotos forçam os braços somente para executar o movimento contra-exterso (quanto maior a velocidade em que a moto está maior será o esforço dos braços para executar o contra-exterso). Assim, é necessário que os atletas façam exercícios extras para o fortalecimento dos músculos, resistência e proteção dos mesmos. Além de muitooo treino de moto, para o aperfeiçoamento da corrida e das técnicas na pista, praticando as curvas, a aceleração em determinados momentos e o aproveitamento das melhores táticas em todo o percurso.
Durante os treinos é necessário uma boa hidratação, principalmente para os que utilizam as roupas de couro (roupa protetora para os pilotos), pois cobre todo o corpo, abafando-o e desidratando o atleta. E a alimentação torna-se uma base importante para esse atleta, para que não falte nenhum tipo de nutriente durante os treinos e competições. E possa obter um ótimo desempenho esportivo.


quinta-feira, 19 de março de 2009

Atletas especiais..



Estou fazendo estágio na APAE (Associaçao dos Pais e Amigos dos Excepcionais) e hoje deu vontade de falar um pouco dos alunos que fazem parte dessa asspciação. Tivemos a oportunidade de apreciar os atletas especiais nas Olimpíadas de Pequim, e ver o quanto são capazes e determinados. Os cuidados são redobrados, mas é uma benção cuidar dessas pessoas. É lindo..especial. Têm os bebês e crianças em uma unidade, são muito queridos e todos engracadinhos. Há os adolescente em outra, conversadoresss.. E na outra unidade, os adultos, que são preparados para o mercado de trabalho..no qual há oficinas de culinária, marcenaria, artes, dança, jardinagem e limpeza. São tão caprichosos em seus trabalhos, é ótimo ver. Faz bem pra gente, pro nosso interior. E para todos a alimentação é importantíssima, seja para os sedentários ou para os fazem algum tipo de atividade física. Para a proteção do sistema imunológico, para o fornecimento de energia.. para tudo que eles fizerem. São especiais sim, porque da forma deles, são puros, delicados, carinhosos e engraçados. E os atletas são campeões em tudo, e dão uma lição de vida em muita gente.
Não deixe de visitarem o Portal Nutrição em Foco.

segunda-feira, 16 de março de 2009

O prazer da corrida..

É muito bom correr.. num parque ou numa praia então, nem se fala. Quando se corre com prazer o aproveitamento é bem melhor. Isso porque em tudo que fazemos, o psicológico é poderoso. Quando fazemos uma coisa que não gostamos, não há um bom proveito, muitas vezes se faz mal feito, o rendimento fica lá embaixo, podendo aparecer dores.
A corrida força, principalmente, os músculos da perna e do abdômen. Assim, exercícios extras trazerão benefícios, como uma musculação, abdominal..e as corridas numa esteira aumentando os níveis de peso, numa trilha com bons obstáculos (ótimo para resistência e aperfeiçoamento para vários tipos de corrida..), numa praia (a areia força bem).. e lugares disponíveis para o praticante.
E como tudo que fazemos, a nutrição tem o seu destaque. Um acompanhamento nutricional para praticantes de corrida é único. Porque quando calcula todas as necessidades do indivíduo e aplica-se tudo certinho, o atleta obtem um excelente rendimento físico. Trabalhando uma alimentação impecável e uma boa hidratação.

quinta-feira, 12 de março de 2009

A ginástica artística..


Hoje coloquei no site um artigo de nutrição esportiva aplicada à ginástica artística, então resolvi falar sobre isso agora.. Falava há pouquíssimas pesquisas de avaliação nutricional nessa área, pois as pesquisas se concentram mais nas modalidades de maior repercussão na mídia e investimentos. Um esporte bonito, cheio de movimentos e muita criatividade. As dançarinas movimentam todo o corpo, e dependendo do aparelho (cavalo, trava, barra..sem falar dos mais lindos de todos, o solo e em grupo) exercitam uns músculos mais que outros, mas todos os utilizam com muita intensidade. Além de precisarem de bastante equilíbrio e força. É preciso fazer apoio, abdominal e todos os exercícios extras para que as dançarinas tenham uma ótima base de força, resistência e proteções muscular e articular. Juntamente com uma alimentação balanceada, com vitaminas e minerais. Os tendões e articulações são bem desgastados e com a deficiência de vitaminas e minerais, os problemas se agravarão mais e mais. Não podendo esquecer claaaro, de balancear carboidrato, proteína e lipídeo. O carboidrato importantíssimo para a liberação de energia do corpo e a proteína para a reconstrução muscular por lesões. Os lipídeos para energia também e para transportar algumas vitaminas.. Portanto, uma alimentação rica em tudo, mas balanceada.

segunda-feira, 9 de março de 2009

Nesse calor.. a água é essencial!


Dar uma pausa nos esportes para destacar a importância da água (mesmo já tendo falado aqui no blog), principalmente no calor que anda fazendo em vários estados do Brasil. Se no dia-a-dia em clima normal a água já importante, imagina num calor anormal, onde há perda estrondosa de líquidos, eletrólitos.. o risco de pressão baixa, colapso, desmaios..é maior nessa época. E se não há uma ingestão hídrica suficiente e aumentada, por sedentários ou, principalmente, por praticantes de atividade física, todo o organismo sofre alterações negativas. Seja na perda de água ou de eletrólitos importantes, como potássio, sódio e cloro. Estes essenciais para o bom funcionamento da pressão arterial, nos líquidos inter e extracelular... Portanto, quando o calor aumentar demais, BEBA MUITA ÁGUA, de preferência orientado por um profissional de saúde, como nutricionista, que também avaliará a necessidade de ingestão de algum tipo de repositor hidroeletrolítico para os desportistas.

quinta-feira, 5 de março de 2009

Tennis...alto gasto energético




Como todo esporte, o tennis também necessita de uma ótima alimentação, com todos os grupos de alimentos: cereais, proteínas, carnes, óleos, frutas e verduras, leite e derivados, leguminosas. Tudo isso e mais serve para que o atleta possa obter um desempenho excelente, sem fadigas, lesões graves.. mesmo porque o tennis é um dos esportes que mais se gasta energia. Para fazer esse tipo de esporte, antes de mais nada vem a alimentação ( é claro) , depois os treinamentos, com a musculação (para proteção de articulações, músculos..) e com o próprio treino de tennis.. e o prazer de jogar. As corridas pela quadra durante o jogo, as raquetadas, os saques.. exigem força muscular, resistência física e muita energia. Também ocorre muita perda de líquidos, sendo importante fazer sua reposição. Com tudo isso sendo feito corretamente, possivelmente a performance física será ótima.

segunda-feira, 2 de março de 2009

Bailarinas..

Um versinho para passar o tempo...

"Algumas palavras...
são como flores do campo,
que vivem na intenção dos ventos...
quase nunca sendo vistas.
Às vezes sinto haver
buquês dessas em mim...
há as que escapam nos gestos
e as que anseiam, no silêncio,...
a coreografia dos versos,
sem jamais serem escritas."

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

A potência do basquete..

Depois de carnaval, muito exercício realizado e alimentação saudável retomamos com os esportes.. E o da vez será o basquete, com atletas altos, fortes e com um excelente condicionamento físico e rapidez. Para alcançar tudo isso, são realizados corridas, musculação, abdominal, apoio, e os próprios treinos de basquete.. sempre almejando músculos fortes, resistentes e mais protegidos de lesões, sem esquecer do joelho, que são fortemente agredidos com tantos saltos.

No ato de jogar basquete, com um arremesso para o colega ou para a cesta, a corrida pela quadra, as marcações, as fugidas (os "olés"), as tomadas de bola, as enterradas nas cestas..e entre outras ações que ocorre num jogo, são gastos grandes quantidades de energia. E para que tudo ocorra em harmonia, sem uma pequena ou grande lesão muscular, ou um cansaço precoce, baixa resistência..o ponto importantíssimo é nada mais nada menos que a alimentação adequada. Com as refeições nos horários apropriados, com as quantidades de alimentos corretas, incluindo vitaminas e minerais, e muita hidratação..

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

A baratinha

Para dar uma descontraída em rítmo de carnaval. Aí vai uma marchinha:


Chega, chega, minha gente,
Que o choo vai começá,
Repara como é gostoso,
Este samba de matá.

A Baratinha,
A Baratinha,
A Baratinha, bateu asas e voou.

A Baratinha, iaiá,
A Baratinha, ioiô,
A Baratinha, bateu asas e voou.

Perna de porco, é presunto,
Mão de vaca, é mocotó,
Quem quiser viver feliz,
Deve sempre dormir só...

Perna de porco, é presunto,
Mão de vaca, é mocotó,
Quem quiser viver feliz,
Deve sempre dormir só...
Não esqueçam de acessar o Portal Nutrição em Foco e olhar novidades em pleno carnaval.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

E o que acontece no vôlei..


Todo esporte tem muita coisa em comum: exercitam o músculo, gastam muita energia, precisam de preparações físicas extras...No vôlei, existe algumas posições na quadra, como líbero, levantador, atacante, fundo, além de saque, defesa, bloqueio.. Em cada uma dessas posições há uma exigência de energia, de força, de resistência. No geral, todos precisam ter bem treinados as pernas, os braços, o abdômem.. todo o corpo. Isso é possível com um bom condicionamento físico e proteção das articulações, através de exercícios extras que possibilitem os músculos ficarem fortalecidos e com uma boa flexão e claro uma excelente alimentação, protetora das articulações e tendões.

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

A alimentação também é importante na luta


Existem vários tipos de lutas: muay thai, judô, karatê, taekwondo, boxe, capoeira... Cada uma envolve uma série de preparações de condicionamento físico, como abdominal, apoio, musculação, pular corda, entre outros. Tudo isso para que o corpo crie resistência para aguentar um treino de luta e até mesmo uma competição. Porque é necessário ter bastante força e resistência nas pernas e nos braços para o jingado da luta e para conseguir ganhar do oponente com os lances e golpes de luta, sem que haja fadiga muscular e desidratação (muito comum entre os lutadores). E para que tudo isso ocorra corretamente, adivinhem o que é importante: alimentação adequada, rica em vitaminas e minerais, água, carboidrato, proteína, gordura, tudo que uma pessoa tem direito.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

O que rola no futebol..



No futebol, o atleta corre, joga bola, faz musculação, faz abdominal, apoio..entre outras atividades extras que são necessárias para que crie resistência e seus músculos fiquem mais "protegidos" da exigência que é o esporte. Durante um treino de futebol ou num campeonato de futebol o gasto energético do atleta é enorme. E para que o desempenho esportivo seja mantido sempre em um ótimo nível, é preciso uma alimentação adequada, de acordo com o tempo de exercício, a frequência, a intensidade, qual a posição do esportista no campo... para que assim tudo seja calculado corretamente e o corpo sinta menos os efeitos do esporte. Além de uma boa alimentação, não pode faltar a água, uma vez que esse esporte perde muito líquido, não só esse né, mas a natação, o basquete e todos os outros. A água é fundamental para a vida.

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

As várias modalidades de esporte... e a natação



Depois da falar um pouco dos alimentos, falarei um pouco dos esportes. Quando falamos de esporte, vem na cabeça inúmeras modalidades: natação, futebol, basquete, judô... e muitos outros. Cada um trabalha à sua maneira.


A natação exige basicamente músculos resistentes e/ou velozes, boas coordenação motora e respiração. Ela exercita todos os músculos do corpo, de acordo com os movimentos que vão sendo realizados, seja em exercícios específicos para as pernas, ou para o braço, ou para ambos. Para que esses movimentos sejam feitos, é necessário primeiramente que nos alimentemos bem, com todos os tipos de alimentos, e claro, praticar regularmente a natação, para que possamos desenvolver um bom condicionamento físico, para que nossos músculos fiquem treinados e criem resistência. Para cultivar essa resistência, a alimentação é uma grande aliada. Até mesmo para que não haja excesso de produção de ácido láctico, e uma possível fadiga e cansaço precoce.


quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Conheça um pouquinho a nutrição esportiva


video

Um vídeo bem rapidinho sobre o que é a nutrição esportiva, os meios de trabalho, o trabalho do nutricionista... uma curiosidade rápida sobre essa área da nutrição.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

É melhor evitar os doces


Os doces são compostos por açúcares e gorduras. O corpo utiliza uma parte como fonte de energia e o restante é guardado na forma de gordura. Quando não se pratica nenhum tipo de atividade física, esse acúmulo de gordura obviamente será bem maior. E se consumidos em excesso podem levar a doenças, como o Diabetes Mellitus (resultado de um efeito é acumulativo, no qual o organismo recebe frequentemente muito açúcar por longo tempo).

Cada um são mais gostosos que o outro. Chocolates, mousses, sonhos, balas, tortas, etc. No entanto, devemos equilibrar a vontade por doces para que possamos viver com saúde. E nesse ponto, a atividade física é uma ótima aliada, pois quandos nos exercitamos regularmente nosso organismo libera a serotonina, o hormônio do prazer, e a compulsão por doces é reduzida. Uma alimentação completa, saudável também auxilia nessa redução, porque quando comemos um alimento e na mesma hora sentimos que queríamos outro, é sinal de que há falta de algum nutriente. E nesse caso, a primeira opção que vem na cabeça para satisfazer esse sentimento é o doce e não uma fruta, por exemplo.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

O ingrediente essencial para o corpo


O corpo é composto de cerca de 70% de água. Em um dia normal, quando ingerimos pouca água, já começamos a ficar desidratadas e em risco de ter cansaço, dor de cabeça, mucosas de nariz e boca secas, entre outros sintomas. Durante a prática de atividade física, esses sintomas podem dobrar ou serem piores se não estivermos bem hidratados. Também pode ocorrer redução do desempenho esportivo, falsa perda de peso, risco de colapso.. Sem falar que suamos, e o suor tem composição de aproximadamente 99% de água. Não é preciso esperar que a sede se manifeste, pois já é um indicador da desidratação. Portanto, devemos beber muita água durante todo o dia, para não prejudique nosso desempenho. A recomendação diária é de 2 L de água, equivalente de 8 a 10 copos.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Vamos comer muitas frutas, verduras e legumes


Por conta dos maus hábitos alimentares das pessoas, por falta de informação ou até mesmo da falta de acesso a alimentos de qualidade e quantidade adequada não há a ingestão suficiente de vitaminas e minerais que o corpo necessita. Assim, o organismo pode ficar frágil, pois são esses micronutrientes que regulam o funcionamento do nosso corpo, ajudando na formação dos músculos, das células sanguíneas, dos tecidos duros, como ossos e dentes, entre outros. Portanto, para que possamos executar as atividades que fazemos, seja uma mera atividade física ou um esporte mais profissional, temos que estar em dia com as vitaminas e minerais, para que tudo funcione adequadamente e obtenhamos um ótimo resultado. Podemos encontrar esses micronutrientes em abundância nas frutas, verduras e legumes.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

A gordura é importante para o corpo


A gordura é vista como o grande vilão do ganho de peso. Do contrário do que muita gente pensa, a gordura possui grande importância para o corpo. Ela protege os órgãos vitais e funciona como isolante térmico quando presente logo abaixo da pele. Além disso, transporta as vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K), que são fundamentais para o reforço do sistema imunológico, na formação dos ossos, da pele, cabelos e unhas, na coagulação do sangue, entre outras funções. Assim, se não há o consumo adequado de gordura, ocorrerá a falta dessas vitaminas no nosso corpo e problemas de saúde poderão aparecer. Só porque a gordura é importante para o corpo, não quer dizer pode ser consumida livremente. A recomendação diária é de 1 a 2 porções por dia, se possível optar pelas mais saudáveis (mono e poliinsaturadas) e dar atenção a tão falada gordura trans, que traz muitos malefícios para saúde.

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

A função da proteína


A proteína constrói o nosso corpo. Ela faz parte da estrutura dos tecidos, como músculo, tendões, pele, etc., transporta oxigênio, nutrientes e gordura no sangue, entre outras funções. Assim, podemos ver que a proteína também é importante para o praticante de atividade física ou desportista. Durante o exercício, o músculo utiliza somente de 5 a 10% de proteína como fonte de energia, confirmando que o carboidrato é a principal fonte de energia para o corpo. No entanto, em casos de treinos que exigem muito dos músculos ou quando a pessoa está iniciando a atividade, podem ocorrer microlesões musculares e a proteína torna-se importantíssima para o reparo dessa lesão, para que o músculo fique sempre sadio para podermos utilizá-lo. A recomendação diária para a ingestão de alimentos protéicos é de 4 a 5 porções, sem que haja necessidade de suplementação de proteínas. Os alimentos com proteínas completas são carnes em geral, leite e derivados, ovos.

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

O carboidrato na atividade física


O carboidrato é a fonte energética mais importante para o nosso o corpo. Para todos os movimentos que realizamos, o primeiro substrato a ser utilizado é o carboidrato. Muitas pessoas pensam que comendo aquele pão ou arroz em tal refeição vai engordar. E estão muito enganadas, pois engorda-se por outros fatores, como número pequeno de refeições por dia, grande quantidade de alimentos numa só refeição, entre outros fatores. Portanto, para uma pessoa que pratica atividade física é essencial que consuma de 5 a 9 porções de carboidratos por dia, como grãos, tubérculos. Isso porque durante a atividade, os músculos metabolizam os carboidratos na forma de glicose, armazena-a como glicogênio e em seguida transforma-a em energia, para que a performance desejada possa ser executada. Para descobrir a quantidade certa de porções de carboidrato a ser consumida, é preciso ir em um(a) nutricionista para que ele te avalie, verificando sua alimentação, o esporte ou atividade física que você faz e o tempo de duração do treinamento. Para que assim, possa ser alcançado um bom resultado.

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

A arte de movimentar o corpo




A sensação de movimentar o corpo, seja numa mera atividade física ou num exercício físico intenso, é sublime. Ao mesmo tempo que surge o cansaço, a satisfação, a alegria e o relaxamento aparecem logo atrás. Essa arte que movimenta o corpo é fantástica, mas não funciona corretamente se o organismo não for tratado com todo amor e cuidado. E aí, entra a parte da alimentação. Para qualquer locomoção do corpo é preciso ter energia, e esta provém dos alimentos. Uma energia de boa qualidade é obtida através de alimentos naturais, como frutas, verduras, cereais, proteínas, leite, entre outros. Portanto, com uma alimentação equilibrada é possível fazer com que o corpo fique sempre satisfeito e consiga se movimentar adequadamente, de acordo com o ritmo da vida e da sua vontade.

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Mente de uma futura nutricionista








O mundo da nutrição é maravilhoso, todas as áreas são interessantes, com exceção da produção (rsrs). O resultado de um trabalho bem feito é fantástico e o prazer de estudar e trabalhar aumenta. Cuidar da saúde da criança, do adolescente, do jovem, do adulto, do idoso, de todas as fases da vida é ótimo e ganha-se muita satisfação. A criança apega e confia em você para cuidar de sua vida. Confidencia que em tal dia ela comeu chocolate escondido da mãe, e achando o máximo. O adolescente acaba relatando sua vida, os amores, as atividades do cotidiano. Nem sempre segue o recomendado, às vezes age como criança, e muitas vezes até pior escondendo de todos que comem muita bala, chocolate... Mas nós sempre damos um jeitinho de contornar a situação, e aos poucos conseguimos sua confiança e fazer com que em um dia, ele coma somente 1 chocolate em vez de 3 ou 4. O adulto e o jovem já são mais responsáveis e conscientes, sempre buscam novidades sobre a melhor forma de cuidar da vida, e, principalmente do corpo – devio ao culto à beleza nas alturas. O idoso, mais frágil, quer prolongar a vida, cuidar da alimentação, do corpo de forma a pensar na saúde do mesmo, e não na beleza do corpo, pois nessa fase são mais espertos, querem aproveitar a vida, que é tão linda e boa. Divertir, rir e viajar mais, viveeeer verdadeira e intensamente o quanto puder. Para todas essas fases, sempre tem um profissional de braços abertos. Repassando seus conhecimentos, ajudando da melhor forma. Eu que ainda não sou formada, acho linda essa profissão, desde que a pessoa ame e sinta prazer no que faz. Não tenho essas experiências, claro, mas este relato, vem por conta dos anos no esporte, com as observações dos colegas, pessoas da academia, primos ou filhos de amigos, declarações de professores, de amigos.. Enfim, do cotidiano, do que vemos e escutamos. E também pela minha imaginação, da minha fantasia por essa profissão.
Obs.: Essas fotos são do Projeto Verão a Verão, que nós (Portal Nutrição em Foco) em parceria com o CRN estivemos no Parque Vaca Brava, em Goiânia (GO) medindo circunferência da cintura, pesando, aferindo PA e dando orientação nutricional. Foi ótimo, muito gratificante. As pessoas, público de várias idades, ficaram muito felizes com essa atividade.

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

A paixão pela nutrição

Com 4 anos comecei a fazer natação, aos 9 anos me federei e comecei a participar de competições federadas. Aos 11 anos, levando mais a sério o esporte, alguns colegas me indicaram uma nutricionista, a Arícia Lustosa, que era nutricionista de vários nadadores do meu clube. Com as consultas e a melhora no desempenho passei a gostar de nutrição. Durante as consultas fui conhecendo o trabalho de uma nutricionista, a conduta, os resultados, a importância e tudo mais. Com o acompanhamento nutricional, meu desempenho na natação foi outro, comecei a ganhar medalhas, a ser campeã de Goiânia, do Centro-Oeste e ficar entre as 8 do Brasil na minha categoria e modalidade. Fiquei maravilhada com o resultado que uma alimentação adequada pode trazer para o esporte. E particularmente, o trabalho da Arícia ficou como exemplo para minha vida profissional. Desde então, a nutrição sempre esteve presente na minha vida. E hoje, estou no último ano do curso de Nutrição e amando tudo, incluindo estágios e cursos extras.