quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

A potência do basquete..

Depois de carnaval, muito exercício realizado e alimentação saudável retomamos com os esportes.. E o da vez será o basquete, com atletas altos, fortes e com um excelente condicionamento físico e rapidez. Para alcançar tudo isso, são realizados corridas, musculação, abdominal, apoio, e os próprios treinos de basquete.. sempre almejando músculos fortes, resistentes e mais protegidos de lesões, sem esquecer do joelho, que são fortemente agredidos com tantos saltos.

No ato de jogar basquete, com um arremesso para o colega ou para a cesta, a corrida pela quadra, as marcações, as fugidas (os "olés"), as tomadas de bola, as enterradas nas cestas..e entre outras ações que ocorre num jogo, são gastos grandes quantidades de energia. E para que tudo ocorra em harmonia, sem uma pequena ou grande lesão muscular, ou um cansaço precoce, baixa resistência..o ponto importantíssimo é nada mais nada menos que a alimentação adequada. Com as refeições nos horários apropriados, com as quantidades de alimentos corretas, incluindo vitaminas e minerais, e muita hidratação..

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

A baratinha

Para dar uma descontraída em rítmo de carnaval. Aí vai uma marchinha:


Chega, chega, minha gente,
Que o choo vai começá,
Repara como é gostoso,
Este samba de matá.

A Baratinha,
A Baratinha,
A Baratinha, bateu asas e voou.

A Baratinha, iaiá,
A Baratinha, ioiô,
A Baratinha, bateu asas e voou.

Perna de porco, é presunto,
Mão de vaca, é mocotó,
Quem quiser viver feliz,
Deve sempre dormir só...

Perna de porco, é presunto,
Mão de vaca, é mocotó,
Quem quiser viver feliz,
Deve sempre dormir só...
Não esqueçam de acessar o Portal Nutrição em Foco e olhar novidades em pleno carnaval.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

E o que acontece no vôlei..


Todo esporte tem muita coisa em comum: exercitam o músculo, gastam muita energia, precisam de preparações físicas extras...No vôlei, existe algumas posições na quadra, como líbero, levantador, atacante, fundo, além de saque, defesa, bloqueio.. Em cada uma dessas posições há uma exigência de energia, de força, de resistência. No geral, todos precisam ter bem treinados as pernas, os braços, o abdômem.. todo o corpo. Isso é possível com um bom condicionamento físico e proteção das articulações, através de exercícios extras que possibilitem os músculos ficarem fortalecidos e com uma boa flexão e claro uma excelente alimentação, protetora das articulações e tendões.

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

A alimentação também é importante na luta


Existem vários tipos de lutas: muay thai, judô, karatê, taekwondo, boxe, capoeira... Cada uma envolve uma série de preparações de condicionamento físico, como abdominal, apoio, musculação, pular corda, entre outros. Tudo isso para que o corpo crie resistência para aguentar um treino de luta e até mesmo uma competição. Porque é necessário ter bastante força e resistência nas pernas e nos braços para o jingado da luta e para conseguir ganhar do oponente com os lances e golpes de luta, sem que haja fadiga muscular e desidratação (muito comum entre os lutadores). E para que tudo isso ocorra corretamente, adivinhem o que é importante: alimentação adequada, rica em vitaminas e minerais, água, carboidrato, proteína, gordura, tudo que uma pessoa tem direito.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

O que rola no futebol..



No futebol, o atleta corre, joga bola, faz musculação, faz abdominal, apoio..entre outras atividades extras que são necessárias para que crie resistência e seus músculos fiquem mais "protegidos" da exigência que é o esporte. Durante um treino de futebol ou num campeonato de futebol o gasto energético do atleta é enorme. E para que o desempenho esportivo seja mantido sempre em um ótimo nível, é preciso uma alimentação adequada, de acordo com o tempo de exercício, a frequência, a intensidade, qual a posição do esportista no campo... para que assim tudo seja calculado corretamente e o corpo sinta menos os efeitos do esporte. Além de uma boa alimentação, não pode faltar a água, uma vez que esse esporte perde muito líquido, não só esse né, mas a natação, o basquete e todos os outros. A água é fundamental para a vida.

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

As várias modalidades de esporte... e a natação



Depois da falar um pouco dos alimentos, falarei um pouco dos esportes. Quando falamos de esporte, vem na cabeça inúmeras modalidades: natação, futebol, basquete, judô... e muitos outros. Cada um trabalha à sua maneira.


A natação exige basicamente músculos resistentes e/ou velozes, boas coordenação motora e respiração. Ela exercita todos os músculos do corpo, de acordo com os movimentos que vão sendo realizados, seja em exercícios específicos para as pernas, ou para o braço, ou para ambos. Para que esses movimentos sejam feitos, é necessário primeiramente que nos alimentemos bem, com todos os tipos de alimentos, e claro, praticar regularmente a natação, para que possamos desenvolver um bom condicionamento físico, para que nossos músculos fiquem treinados e criem resistência. Para cultivar essa resistência, a alimentação é uma grande aliada. Até mesmo para que não haja excesso de produção de ácido láctico, e uma possível fadiga e cansaço precoce.


quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Conheça um pouquinho a nutrição esportiva


video

Um vídeo bem rapidinho sobre o que é a nutrição esportiva, os meios de trabalho, o trabalho do nutricionista... uma curiosidade rápida sobre essa área da nutrição.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

É melhor evitar os doces


Os doces são compostos por açúcares e gorduras. O corpo utiliza uma parte como fonte de energia e o restante é guardado na forma de gordura. Quando não se pratica nenhum tipo de atividade física, esse acúmulo de gordura obviamente será bem maior. E se consumidos em excesso podem levar a doenças, como o Diabetes Mellitus (resultado de um efeito é acumulativo, no qual o organismo recebe frequentemente muito açúcar por longo tempo).

Cada um são mais gostosos que o outro. Chocolates, mousses, sonhos, balas, tortas, etc. No entanto, devemos equilibrar a vontade por doces para que possamos viver com saúde. E nesse ponto, a atividade física é uma ótima aliada, pois quandos nos exercitamos regularmente nosso organismo libera a serotonina, o hormônio do prazer, e a compulsão por doces é reduzida. Uma alimentação completa, saudável também auxilia nessa redução, porque quando comemos um alimento e na mesma hora sentimos que queríamos outro, é sinal de que há falta de algum nutriente. E nesse caso, a primeira opção que vem na cabeça para satisfazer esse sentimento é o doce e não uma fruta, por exemplo.